Rondônia, Hoje é

CUJUBIM: Sujeito briga, foge, pega faca, reage a prisão, ameaça PMs, recusa atendimento, pinta a cela com sangue e dá trabalho ao ser preso

Postado Dia setembro 8th, 2017

Por volta das 19h30min de quinta-feira (07/09), várias pessoas estavam se divertindo em uma festa que estava acontecendo na residência de E.P.O. de 52 anos, localizada na Rua Pica Pau, no Setor 01, quando chegou o elemento E.F.S. de 40 anos, tomou umas e outras, pegou a quantia de R$ 100,00 em dinheiro, conversou com o irmão dele e saiu do local tomando rumo ignorado.

Mais tarde o sujeito retornou montado em uma motoneta da marca Honda, modelo C-100 Biz de cor preta, com placa de Ouro Preto e disse ao proprietário da casa que queria falar novamente com seu irmão, mas o dono da casa vendo que o sujeito estava bêbado e que o irmão do indivíduo estava dormindo, não permitiu a entrada do elemento que partiu pra cima do dono da casa entrando em luta corporal com vários frequentadores da festa.

Em desvantagem o sujeito se retirou do local e minutos mais tarde retornou com uma faca em punho, dizendo ia matar a mulher M.S.N. de 29 anos, mas seu irmão chegou e o impediu e mais uma vez o infrator se retirou do local na motoneta, só que dessa vez populares acionaram a Polícia Militar que passou a diligenciar em busca do elemento que foi localizado a duas quadras da festa pilotando a motoneta todo ensanguentado.

O indivíduo recebeu Voz de Parada, mas desobedeceu e tentou fugir, momento em que foi alcançado e abordado. A guarnição vendo que o sujeito estava em adiantado estado de embriagues alcoólico, deu Voz de Prisão ao elemento que reagiu, sendo necessário o uso de técnicas de imobilização e algemas.

Dentro da viatura o sujeito ameaçava os Policiais afirmando a todo o momento que ia matar todos. Como o infrator apresentava um sangramento na mão direita, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi a UNISP e fez um curativo no sujeito, que minutos depois arrancou o curativo e enfiou os dedos no corte causando forte sangramento, em seguida o sujeito começou a esfregar a mão ensanguentada na parede pintando a cela de vermelho.

Na sequência o marginal passou a sujar os Policias com sangue, que precisaram conduzir o indivíduo ao Hospital Municipal para que fossem dados novos pontos e feito novo curativo. No Pronto Socorro o conduzido não queria ser atendido e criou muitas dificuldades para os Policiais e para a equipe médica plantonista, sempre ameaçando os Policiais afirmando que iria matar a guarnição com tiros de espingarda calibre 16 mm assim que os encontrasse nas ruas de Cujubim.

Os Policiais imobilizaram o elemento para que tomasse um calmante, mas a injeção não fez efeito, provavelmente por causa do efeito de entorpecentes. Cerca de uma hora e meia depois e após muita negociação, o indivíduo aceitou fazer um novo curativo na mão. Mediante os fatos o elemento foi reconduzido a UNISP e apresentado a autoridade plantonista, onde foi registrada a ocorrência nº 151235/17, na 1ª Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências.

 

FONTE: ARIQUEMES190

.

banner 2pe