Rondônia, Hoje é

ARIQUEMES: Foragido do semiaberto é preso após ser agredido por vítima em roubo e ir à UPA para ser atendido

Postado Dia julho 4th, 2018

Três suspeitos abordaram vítimas, mas morador reagiu a ação e entrou em luta com um deles. Jovem não retornou para presídio após saída temporária de Dia das Mães.

Um jovem de 22 anos, que estava foragido do regime semiaberto, foi preso na noite de domingo (1°) após tentar roubar uma residência localizada no Setor Jardim Alvorada.

Conforme a Polícia Militar (PM), três suspeitos abordaram as vítimas, mas o proprietário da casa reagiu a ação e conseguiu agredir um dos infratores com uma das facas que eles estavam. O assaltante foi preso ao ir até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser socorrido.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, o morador de 51 anos disse à PM que ele e outras duas testemunhas estava na frente do imóvel, quando três suspeitos chegaram ao local e na posse de duas facas e uma arma de fogo anunciaram o assalto.

O dono da casa se aproveitou de um descuido dos suspeitos, tomou a faca de um deles e foi na direção ao que estava com a garrucha. O foragido do sistema prisional desferiu uma coronhada na vítima, que agrediu o infrator com a faca e ambos entraram em luta. Em seguida, os assaltantes fugiram do local e não levaram nada. 

A vítima ainda afirmou aos policiais que o assaltante havia sido ferido na perna direita e na mão direita. Minutos depois, uma equipe médica da UPA entrou em contato com os militares para informar que um rapaz com as mesmas características do assaltante buscava atendimento na unidade.

Na UPA, a PM enviou imagens do suspeito para a vítima, que o reconheceu como o assaltante que havia entrado em luta durante a tentativa do roubo. O jovem recebeu voz de prisão e após receber o atendimento médico foi encaminhado até a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes.

Foragido do regime semiaberto

O infrator havia informado um nome falso na UPA, mas a identificação dele foi descoberta na Unisp pelos policiais. Durante a pesquisa no sistema, os policiais encontraram um mandado de prisão contra ele.

O jovem estava preso na Casa do Albergado do município, mas ele foi um dos 20 detentos que não retornaram à unidade prisional após o benefício da saída temporária de Dia das Mães, em maio deste ano.

O Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ-RO) condenou o jovem a 8 anos de prisão pelos crimes de roubo e receptação. Ele progrediu para o regime semiaberto em outubro de 2017 e chegou a cumprir três anos e sete meses da sentença.

Fonte G1.

banner 2pe