Rondônia, Hoje é

RESPONDE: Empresário e deputado Marcos Rogério se esquiva da Imprensa

Postado Dia setembro 11th, 2018

Desde a última terça-feira (4), o Rondoniaovivo enviou um questionário para a assessoria do deputado federal Marcos Rogério sobre um vídeo que compartilhou na sua rede social

O trabalho da livre Imprensa é essencial para Democracia, principalmente durante os pleitos eleitorais, onde o candidato obtem mais visibilidade de suas propostas e até de sua atuação parlamentar. Mas para o deputado federal Marcos Rogério (Empresário e Jornalista), oriundo do meio da comunicação, parece que tanto faz.

Desde a última terça-feira (4), o Rondoniaovivo enviou um questionário para a assessoria do deputado federal Marcos Rogério sobre um vídeo que compartilhou na sua rede social a respeito das famigeradas “Fake News”, que são divulgadas sem nenhum embasamento da verdade.

Um tipo de excrescência, que na maioria das vezes, não tem um profissional de comunicação por trás. Normalmente vem da militância de adversários políticos.

Mas a expressão “Fake News” também é usada por políticos e assessoria, quando ‘pegos de calça curta’. Na ansia de não precisar se explicar para a sociedade, dizem logo que é um “notícia falsa”.

E é sobre as tais fakes news que procuramos o candidato, através de sua assessoria, que encaminhou para o parlamentar as perguntas que o mesmo não se dignou em responder. 

Esperamos que o nobre cidadão tenha a decência de responder os questionamentos. Em respeito ao trabalho de profissionais de imprensa, tal qual ele era no passado antes de virar empresário/deputado; e em respeito ao povo deste estado, que ainda tem nos veículos de comunicação, sua fonte local para receber informações com credibilidade. 

Confira quais foram as perguntas enviadas e assista o video do candidato sobre Fakes News:

 

 

“1 – Marcos Rogéro, O que ´o Sr. acha desse tipo de ação maldosa? No caso o Fake News!

2 – Marcos Rogério, o Sr. já foi alvo de Fake News? Caso tenha sido, o que o Sr. fez?

3 – Algumas reportagens foram veiculadas por diversos tipos de mídia, sobre o Sr. ser proprietário de um Avião. O sr. tem uma aeronave de sua propriedade, ou é uma Fake News?
 
4 – Marcos Rogério, as publicações sobre a posse de uma fazenda, foi um ataque à sua honra sendo mais um Fake News? Ou o Sr. é proprietário de uma fazenda?

5 – O Sr. acredita que o cidadão comum, sem conhecimento dos parâmetros da Comunicação Social, deve sofrer as penas da lei, ao compartilhar uma Fake News?

6 – Como deve se portar um cidadão, perante uma Fake News?”

 

banner 2pe