Rondônia, Hoje é

Suspeito de matar ex moradora de Cujubim e estudante de direito durante assalto é preso em Ariquemes

Postado Dia janeiro 10th, 2019

Suspeito de matar estudante de direito durante assalto é preso em Ariquemes, RO
Polícia Civil chegou a divulgar retrato falado do suspeito durante a tarde de quarta-feira (9), mas ele foi preso pela PM horas depois. Jovem de 25 anos foi morta em dezembro de 2018.

A Polícia Militar (PM) prendeu na noite da última quarta-feira (9), o suspeito de ter assassinado uma jovem de 25 anos, durante um assalto no Setor 5, em dezembro de 2018, em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari.

Depois de ouvir as testemunhas do crime, a Polícia Civil divulgou o retrato falado do infrator na quarta, mas ele foi preso durante um patrulhamento da PM, horas depois.

O comandante do 7° Batalhão da PM de Ariquemes, Robinson Brancalhão, explicou que o suspeito foi preso durante uma abordagem de rotina na Avenida Juscelino Kubitschek, no Setor 6, em uma operação policial.

“Ele e um outro rapaz estavam em atitude suspeita em uma bicicleta e a guarnição os abordaram. No procedimento, um dos policiais percebeu que ele se parecia com a pessoa do retrato falado e então fizeram contato com as testemunhas, que confirmaram ser ele o autor do crime”, contou.

A estudante de direito estava na frente da residência com alguns amigos tomando tereré quando dois homens chegaram em uma moto e anunciaram o roubo.

De acordo com o delegado Joás da Silva Gomes, a principal linha de investigação do caso é de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Mas a Polícia também não descarta uma outra hipótese no caso. O celular da jovem foi recolhido e levado para a perícia apurar se havia alguma ameaça contra ela.

RELEMBRE O CASO: 

rondoniareal.com.br/…/latrocinioestudante-de-direito-que-morava-em- cujubim-e-baleada-e-morta-em-assalto-no-setor05/
22 dez. 2018  LATROCÍNIOEstudante de Direito que morava em Cujubim é baleada e morta em assalto no Setor 05 de Ariquemes. Postado Dia dezembro …

Fonte: G1

Aos leitores, ler com atenção!
Este site acompanha casos policiais. Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário. Recomenda-se ao leitor critério ao analisar as reportagens.
banner 2pe